Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 24 de setembro de 2013

SEXO ANAL É PECADO?


Uma pesquisa feita pelo BEPEC, com mais de 1,6 milhões de evangélicosdiz que apenas 31,8% dos entrevistados possui uma relação sexual plenamente satisfatória. Eu acho pouco, bem pouco. Por isso insisto em dizer que este é um assunto que deve ser esclarecido, principalmente dentro das igrejas. A falta de satisfação sexual contribui, e muito, para a destruição de um casamento. Recebo dezenas de e-mails de casais em crise clamando por ajuda (cristãos e não cristãos), e posso afirmar que em mais de 70% dos casos o problema se encontra na área sexual. São pessoas que foram abusadas na infância, receberam uma instrução errada a respeito do sexo ou tiveram uma experiência traumática (antes ou depois do casamento), e hoje, sofrem as consequências no seu relacionamento. Nessa minha pequena caminhada, percebi que muitos problemas surgem simplesmente pela falta de esclarecimento, por isso insisto em bater nessa tecla. Não podemos fingir que nada está acontecendo, pois está! A prova viva disso é que esse artigo está em primeiríssimo lugar (disparado!) no ranking dos posts mais acessados aqui do blog. Pois é, tem muita gente desesperada pra saber se vai pro inferno por ter colocado o "pirulito" no buraco errado...

Pois bem, quando tocamos no assunto "sexo anal", o primeiro texto bíblico que nos vem a mente é o de Romanos 1:26-27:

"Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão." 

Se estudarmos o contexto destes versículos, vamos descobrir que Paulo se referia aos bacanais públicos e oficiais de Roma. A orgia era parte oficial da instituição. É só ler com um pouco mais de atenção que você vai perceber. César transava com todas as mulheres que queria e também fazia-se mulher para muitos homens. Tudo era possível e permitido! Ele definitivamente não estava falando de sexo anal entre marido e mulher com consentimento e prazer mútuo.


A versão da Nova Bíblia Viva não nos deixa dúvidas:


"Esta é a razão pela qual Deus os entregou a paixões pecaminosas, a tal ponto que até suas mulheres se voltaram contra o plano natural que Deus tinha para elas e cederam aos pecados sexuais entre elas mesmas.

Sugiro então que não use mais este texto para condenar o sexo anal.

Outro versículo que também gera debate é o de 1Cor 6:9-10:

"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idolatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarento, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus".

Sodomita. Esta palavra tem origem na descrição Bíblica de Sodoma e Gomorra. A interpretação mais difundida desse texto é de que o pecado de Sodoma seria o sexo entre homens, no entanto, estudos bíblicos mais recente entendem que o pecado de Sodoma é a injustiça e a anti-hospitalidade. O texto de Ezequiel 16:49-59 reforça essa teoria: "Ora, este foi o pecado de sua irmã Sodoma: Ela e suas filhas eram arrogantes, tinham fartura de comida e viviam despreocupadas; não ajudavam os pobres e os necessitados. Eram altivas e cometeram práticas repugnantes diante de mim. Por isso eu me desfiz delas conforme você viu". Mais uma vez não podemos afirmar que esta palavra se refere ao sexo anal feito entre marido e mulher com consentimento mútuo e prazer. Então, por gentileza, pare de utilizá-la nesse contexto.

Outra expressão que também é muito discutida e encontrada em diversos textos bíblicos é "imoralidade sexual". Todo bom cristão sabe que para Deus este é um ato repugnante, ou seja, quem pratica imoralidade (sexual ou não) está pecando. Isso é fato. Mas o que é imoralidade? Encontrei no livro "A Batalha de Todo Adolescente" uma definição interessante para esta expressão: "Imoralidade sexual é o sexo praticado fora da aliança do casamento ou dentro dela, mas sem amor". Então, de acordo com esta definição, não podemos associar imoralidade sexual à prática do sexo anal feito entre marido e mulher com consentimento mútuo e prazer, concorda?

Mas vamos agora a questão fisiológica. O sexo anal, no geral, é muito dolorido para a mulher, pois é um local bastante sensível, cheio de vasinhos internos e externos. Quando um deles estoura, pode surgir a tão famosa e dolorida hemorroida. Outra coisa, quando o sexo anal é feito com muita frequência, a anatomia do esfíncter fica prejudicada, sendo que em alguns casos, há a necessidade de cirurgia para reconstrução. Não é segredo pra ninguém que o ânus é um lugar sujo, criado para eliminar as fezes, desse modo, o marido poderá transmitir alguma doença para a esposa caso haja penetração na vagina após o sexo anal. E com as fissuras no ânus, a porta ficará aberta para infecções pelo HIV e outras DSTs. 

Bom, chegamos ao "x" da questão. Agora não falo mais de sexo anal, mas sim de amor. O amor não faz mal ao próximo. Se você ama sua esposa, não vai ter prazer em vê-la sofrer, vai? Se o Espírito Santo habita em você, isso provavelmente vai te incomodar um bocado. Mas geralmente, o desejo acaba passando por cima desse incômodo. Recebo e-mails de homens cristãos, inclusive de pastores, dizendo que respeitam e amam suas esposas, mas desejam ardentemente o sexo anal, e como não podem ter no casamento, acabam apelando para a pornografia e masturbação. Sem contar os que recorrem a traição ou prostituição. Por isso tantas esposas acabam cedendo, por medo de perderem seus maridos. Conheci o caso de uma senhora que foi hospitalizada com o ânus completamente desconstruído, repleto de ferimentos e cicatrizes. Ela se sujeitou ao sexo anal durante toda a vida, amedrontada pelas ameaças de seu esposo, que mesmo com o ânus ferido, obrigava-a a se submeter à esta prática.

Num caso como este, eu não titubearia em dizer: "Isso é imoralidade, é pecado!". O vício se instalou de tal forma, que este homem foi capaz de passar por cima do amor que sentia pela sua esposa (se é que neste caso existia amor). Segundo Romanos 13.10, toda a lei se resume ao amor. Quando um desejo da carne é tão intenso que passa por cima de uma vida, aí então podemos nomear esta atitude de pecado. Sabe, eu tenho uma dificuldade tremenda em acreditar que Deus mandaria alguém pro inferno porque colocou o pênis no buraco errado. Acho isso um pensamento tão pequeno, tão imaturo... Deus está querendo nos dar um prato de feijoada e nós ainda temos que ficar discutindo se o leite pode ou não ser tomado com chocolate. 

Meu irmão, quando o assunto é sexo anal, o problema não é o buraco, mas o sentimento que permeia o ato, entende?

O amor não faz mal ao próximo, e se sua mulher sofre com o sexo anal, por amor a ela (e a Deus) você não deve fazer. Não porque o ânus é um buraco pecaminoso, mas sim pelo respeito que tem pela vida dela. Conversem sobre o assunto e orem juntos por isso. Controle sua mente e seus olhos. Quanto mais alimentar pensamentos e fantasias, mais difícil será para lutar. Se não alimentar o desejo, mais fraco o "monstro" vai ficar e sem alimento, uma hora ou outra acaba morrendo. É o famoso: "Resisti ao diabo e ele fugirá de vós." Tiago 4:7. Talvez seja interessante conversar com sua esposa sobre algumas formas de deixar a relação sexual mais intensa, quem sabe com carinhos e posições diferentes... Descubram-se! 

Feche os olhos para a pornografia e domine seus pensamentos: "Tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas." Filipenses 4:8. A tentação sempre vai estar a nossa porta, seja nesta ou em qualquer outra área da vida, mas nós temos o poder de dominá-la. E neste caso específico, se faz mal à sua esposa, você deve lutar contra este desejo. Veja o que Deus disse a Caim quando, alimentado pelo ódio, planejava matar seu irmão: "Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta, ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo". Gênesis 4:7.

QueridosDeus é perfeito e faz tudo perfeito. O Seu plano original para o sexo era perfeito também. Ele criou o orifício certo pra isso. O ponto "G" está na vagina e não no ânus. Mas com o pecado no mundo, muita coisa mudou. Deus não criou o sexo anal e se ele nunca tivesse existido, provavelmente o ser humano não sentiria essa necessidade, mas como ele existe, a vontade surge, é claro. Como eu disse, o sexo criado por Deus é lindo! A posição tradicional, pênis na vagina, corpo no corpo, olhos nos olhos também traz muito prazer. Quando o casal se ama, vive uma só carne e tem intimidade com Deus, aos poucos vai voltando ao princípio, a origem daquilo que Deus criou, como um ímã, entende? 

"Mas Dani, e se a esposa sente prazer no sexo anal e o marido usa camisinha para evitar infecções?" Primeiro eu pergunto: "Qual a sua intenção ao praticar sexo anal com sua esposa? É satisfazê-la? Demonstrando o seu amor e glorificando a Deus? "Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai." Colossenses 3:17. 

Se os dois estão de comum acordo e a consciência de vocês não os acusa, quem sou eu para dizer o contrário? "A fé que tu tens, tem-na para ti mesmo. E, bem-aventurado é todo aquele que não se condena naquilo que aprova. Pois tudo o que não provêm de fé, é pecado" Romanos 14:22,23. O único conselho que deixo é: Dominem este desejo e não permitam que ele domine vocês, pois quando o vício se instala, acaba virando doença da mente, e é aí que mora o perigo, pois vidas estão em jogo. Por isso, "vivam pelo Espírito, e jamais satisfarão os desejos da carne". Gálatas 5:16.

"Pecado terrível não vem da região anal, vem do coração, de onde procedem os maus desígnios, conforme disse Jesus (Mc 7:21). Cada um cuide de si mesmo e não faça de seus gostos ou desgostos pessoais, regras para a vida de ninguém! Deus é o único capaz de sondar os corações, e "há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo?" Tiago 4:12



*Alguns trechos foram retirados de: caiofabio.net e Wikipédia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...